APARIÇÕES DE JACAREI 26 ANOS DE GRAÇAS

APARIÇÕES DE JACAREI 26 ANOS DE GRAÇAS
APARIÇÕES DE JACAREI 25 ANOS DE GRAÇAS

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

O SORRISO DE NOSSA SENHORA

Quatro anos após a definição do dogma da Imaculada Conceição, Nossa Senhora se dignou baixar à terra para confirmar de um modo estupendo a declaração do Papa Pio IX, de santa memória.

Foi em Lourdes, na França, que Nossa Senhora apareceu repetidas vezes à inocente Bernadete e na última aparição disse: Eu sou a Imaculada Conceição.

Quem refere o seguinte episódio não é nenhum devoto, nem sequer bom cristão. Ele escreve:

“Quando já se falava muito das aparições de Lourdes, achava-me em Cauterets, povoação próxima de Lourdes, mais para distrair-me do que para curar-me. Achei graça ao ouvir que a Virgem sorrira para Bernadete e resolvi ir a Lourdes para ver a vidente e surpreendê-la na mentira. Fui à casa dos Soubirous e encontrei Bernadete sentada à porta, cerzindo meias. Pareceu-me o seu rosto bastante vulgar; apresentava sinais de enfermidade crônica ao par de muita doçura. A instâncias minhas, contou-me as aparições com toda a simplicidade e convicção.

– Mas é verdade que a Virgem sorriu?

– Sim, sorriu.

– E como sorria?

A menina olhou-me com ar de espanto e disse:

– Mas, senhor, seria preciso ser gente do céu para repetir aquele sorriso!

– Não o poderia repetir para mim? Sou incrédulo e não creio nas aparições.

O rosto de Bernadete tornou-se triste e severo.

– Então julga o senhor que menti?

Senti-me vencido. Não, aquela menina tão cândida não podia mentir. Ia pedir-lhe desculpas quando ela acrescentou:

– Bem, se o senhor é um pecador, tentarei imitar o sorriso de Nossa Senhora.

A menina ergueu-se lentamente, juntou as mãos e um reflexo celeste iluminou seu rosto. Um sorriso divino, que jamais vi em lábios mortais, encantou os meus olhos… Sorria ainda quando caí de joelhos, vencido pelo sorriso da Imaculada nos lábios da ditosa vidente.

Desde aquele dia, nunca mais se me apagou da imaginação aquele sorriso divino. Passaram-se muitos anos, mas a sua recordação enxugou-me muitas lágrimas ao perder minha esposa e minhas duas filhas… Parece-me estar só no mundo e vivo no sorriso da Virgem”.


terça-feira, 21 de novembro de 2017

Jacareí, 19.01.2014 - Palestra DO VIDENTE MARCOS TADEU - Vida de São Cipriano e de Santa Justina

JACAREÍ, 19 DE NOVEMBRO DE 2017

(Maria Santíssima): “Querido filho Marcos, conforme já te disse: Você está sofrendo grandes provações, está passando por grandes sofrimentos para redimir os pecados do mundo... dos pecadores do mundo e para expiar os pecados que eles cometeram contra Deus. Você está sofrendo para salvar almas!
Você ainda terá que sofrer muito filho Meu, mas é necessário que você seja corajoso. É preciso mais sofrimento para salvar almas, pois não há ainda nem 1/3 da humanidade convertido e verdadeiramente santificado e por isso os Meus Planos Maternos, os Meus Segredos não podem realizar-se.
É preciso mais sofrimento oferecido com oração para que se salve pelo menos 1/3 da humanidade. Você tem que continuar em frente fazendo os Terços da Misericórdia Meditados que tanto agradam ao Coração do Meu Filho Jesus, que tanto aplacam a Ira do Pai Eterno ofendido pela ingratidão e pelos pecados dos Seus filhos tresloucados.
É preciso que você continue fazendo os Meus Rosários Meditados, as Horas Santas, caso contrário, o fogo do Céu que Eu profetizei em Akita vai cair e grande parte da humanidade será destruída.
O que detém o fogo do Céu é você com os Terços Meditados, os Rosários Meditados, as Horas Santas, os Filmes que você faz para Mim Meu filho.
Este Filme da Vida da Minha Filha Santa Rita é maravilhoso, quanto ele agradou ao Meu filho Jesus quando você o fez. Quantas almas ao conhecerem a vida e o exemplo de perseverança, paciência, fortaleza e amor da Minha filha Rita, quantas almas aceitaram com mais paciência, com mais amor seus sofrimentos. Quantas almas aprenderam que amar a Jesus é sofrer por Jesus e se decidiram a carregar a cruz de cada dia com amor oferecendo tudo a Jesus pela salvação das almas.
E isso tudo graças a você, se você não tivesse feito este filme ninguém, ninguém teria conhecido a vida dessa Minha filha, a vida verdadeira dela. Ninguém teria aprendido esse exemplo de amor, de sacrifício que é a Minha filha Rita.
Por isso filho Meu você deve continuar, se você parar então os castigos cairão sobre toda a humanidade.Vê o que o Meu inimigo desejava fazer era cansar você e assim você não fazer mais nada disso e por fim a humanidade terminar de afundar-se na apostasia, no pecado, na perdição.
Vai em frente e não tenha medo de nada porque Eu estarei com você sempre.
Fica sabendo que aquele grande sofrimento que você teve num ano novo passando o Natal e o Ano Novo de cama, sem poder sequer levantar-se para fazer a Vigília de Ano Novo que você tanto amava e tanto gostava de fazer. Sem poder também celebrar com seus familiares há 20 anos atrás, serviu para que agora Eu concedesse grandes graças ao seu pai espiritual Carlos Tadeu.
Sim, você ofereceu aquele sofrimento a Mim para que Eu o aplicasse às almas que Eu quisesse. Sem que você soubesse todo aquele sofrimento serviu para aplicar sobre o seu pai Carlos Tadeu.
Sim, e igualmente também filho, o sofrimento que você teve com o ferimento na sua perna. Sim, esse grande sofrimento que você teve por mais de um ano oferecido com tanto amor, com tanta paciência e resignação a Mim serviu para que também o seu pai Carlos Tadeu agora recebesse tantas bênçãos, tantas graças que Eu prometi, que Eu dei a ele.
Sim, você oferecia por ele sem nem mesmo saber. Sim, e principalmente o oferecimento que você fez depois que ele já era seu pai espiritual aumentou ainda mais o merecimento.
Fica sabendo filho, que nenhum dos teus sofrimentos foi em vão. O sofrimento, a dor da sua perna, as noites não dormidas, a febre, as intensas pontadas de dor, a impossibilidade de trabalhar, de descansar serviram também não só para o seu pai espiritual, mas serviram também para os Meus filhos Júnior e Fabiane Paganini.
Serviram também para a Minha filha Dani Barato, para a família dela.
Serviram também para a Minha filha Inês e Altamiro, para o Meu filho Ronaldo.
Serviram também para o Meu filho Diego.
Serviram também para a Minha filha Vera Lúcia e a sua família.
Serviram para tantos dos Meus filhos que estão aqui, para o Meu filho Oséias.
Serviu também para muitos filhos Meus que você não pode ver todos os dias, mas, que estão espiritualmente unidos e ligados a você, como por exemplo a Minha filha Renata e a Rafaela Bompiani.
Serviu para a Minha filha Denise Bostick que também espiritualmente é fruto do seu grande sofrimento, do seu padecer.
Fica portanto, sabendo filhinho, que nada que você sofre é em vão. E fica também sabendo que aquele grande sofrimento que você padeceu no mês de Julho de 1994, quando os sacerdotes queriam prender você por causa do suposto sinal que eles anunciaram que não aconteceria.
Aquele sofrimento que você suportou com tanta coragem, com tanto amor. Você subiu o monte das Aparições oferecendo a Jesus e a Mim aquele grande sofrimento. O medo da prisão que com certeza iria acontecer, pois Eu não tinha anunciado o sinal que eles propagaram.
Você passou todo aquele cenáculo oferecendo aquele grande sofrimento psicológico e interior para Mim. E aquele sofrimento serviu também para a família Fernandes, para as Minhas filhas Vânia, Terezinha, Aline, Marcela, Carol, todas elas.
Serviu também para a família da Minha filha Lazinha, serviu para a conversão da minha filha Adriana. Serviu também para o seu pai Carlos Tadeu e a família dele.
Nada é em vão, nenhum sofrimento seu foi em vão. Eles geraram conversões, geraram graças para estas almas, graças de amor, graças de paz, graças de livramento de tantos perigos. Serviu para dar a eles graças de santificação agora.
Por isso filho Meu, não desanime nunca pois nenhum sofrimento, nenhuma cruz é sem razão. Que os Meus filhos compreendam isso: Que o sofrimento aceito e oferecido com amor gera novas almas para o Céu, gera conversões, gera até mesmo novos Santos.
Fica sabendo também, que o sofrimento da sua perna serviu também para as Minhas filhas Débora, Daniela, toda a família Mugnaro. Serviram também para a Sueli Fukushima. Serviu também para a Minha filha Elisa, Elisa Hirano.
Sim, serviu para a família da Minha filha Rosa Kajikawa, para a Minha filha Darci Russo e também para todas as Minhas filhas que rezam com elas.
O sofrimento aceito e abraçado com amor transforma a alma numa Rosa Mística de Amor cujo perfume de amor se expande sobre todo o pântano da humanidade. E aonde este perfume chega faz brotar novos lírios de santidade, novas Rosas Místicas: brancas de oração, vermelhas de amor, amarelas de santidade e penitência.
Avante! Carrega a cruz corajosamente e continue oferecendo pelo teu pai, continue oferecendo por todas as almas. Muitas almas mais ainda conhecerás que foram salvas por esse sacrifício amoroso oferecido com amor.
E aos Meus filhos hoje peço, peço novamente: Vivam de Amor, sejam Amor, ofereçam sacrifícios de Amor, sofrimentos de Amor, orações de Amor para que verdadeiramente toda a humanidade se transforme num grande jardim de Rosas Místicas: de Santidade, Bondade, Pureza e Amor.
Ofereçam Meus filhos porque o Pai Eterno está saturado de tantos pecados e ingratidões da humanidade. E se não houver uma corte, um coro de almas de puro amor para Comigo e com o Meu filho Marcos oferecerem sacrifício e oração, não haverá nada mais que possa deter o grande Castigo que esta humanidade todos os dias merece e provoca.
Será um Castigo formidável, o fogo que cairá do Céu será tão forte e tão ardente que dissolverá não só a carne, mas até os ossos dos corpos.
É preciso que haja mais oração, façam os grupos de oração que Eu pedi por toda a parte Meus filhos, é a única esperança da humanidade.
Agora a Igreja terminará de mergulhar na escuridão da apostasia, da abertura e da mistura com outras seitas e religiões. O povo católico enganado pelos pastores, que deveriam defender a verdade, dizer a verdade aceitará tudo como vontade de Deus e como coisa certa.
Por isso, os lobos infernais, os demônios farão com que em muitas almas a luz da santa fé católica seja completamente obscurecida até desaparecer por completo. Só restará a fé nos cenáculos e nos grupos de oração que rezam o Meu Rosário e leem Minhas Mensagens.
Por isso filhinhos façam os cenáculos por toda a parte, para que verdadeiramente a luz da santa fé católica ainda reste pelo menos num pequeno número de almas. Será a grande calamidade que Eu anunciei à Minha filhinha Madre Mariana de Jesus Torres: corrupção e perdição total das crianças, da juventude, graças aos meios de comunicação e a educação ateia dada nas escolas, a destruição total das famílias, a destruição total até mesmo de muitas ordens religiosas e da igreja que estará completamente eclipsada como Eu anunciei em La Salette.
Somente onde as Minhas Mensagens forem vividas, onde o Meu Rosário for rezado e onde se acreditar nas Minhas Aparições somente ali é que ainda restará um pouco de fé.
Vão Meus filhos levem a Minha Luz a todos os Meus filhos e não permitam que as trevas tomem todas as coisas.
Sejam luzes a brilhar por toda a parte nem que seja a luz de uma pequena vela, já será o suficiente para impedir o triunfo das trevas.
Levem os Rosários Meditados, levem os filmes que o Meu filho Marcos faz e que são verdadeiros sóis brilhantes de santidade, perfeição, sabedoria e amor para iluminar as almas de todos os Meus filhos que ainda podem ser salvos. Eu irei com vocês, com os Meus Anjos e os ajudarei.
Sejam amor, vivam de amor, desejem o Céu, busquem o céu Meus filhos! Porque de nada adianta o homem ganhar o mundo inteiro se vier a perder a sua alma.
Desprezem os prazeres mundanos que poderão levar o corpo e a alma de vocês para o fogo do inferno. E amem a oração, as coisas celestes, a imitação dos Santos, a imitação de Mim mesma para que vocês possam um dia ser dignos do Céu!
A todos Eu abençoo com amor e peço: Continuem rezando o Meu Rosário todos os dias. A você Meu amadíssimo filhinho Marcos, o mais obediente, dedicado e amante dos Meus filhos, ao seu pai espiritual Carlos Tadeu, Meu filho amadíssimo ao qual amo e aperto ao Meu Imaculado Coração como o filho mais querido que tenho.
E a todos estes Meus filhos amados aqui que Eu amo e aos quais nunca deixo sozinhos abençoo com amor de LOURDES, de BONATE e de JACAREÍ.”

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

JACAREÍ 18 DE NOVEMBRO DE 2017. MENSAGEM DE NOSSA SENHORA

(Maria Santíssima): “Querido filho Marcos, conforme já lhe disse: Você está sofrendo dolorosos sofrimentos, dolorosos trabalhos para redimir os pecados dos pecadores, para salvar as almas deles e para expiar os pecados que eles cometeram contra Deus.

Por causa das loucuras dos pecadores um irmão inocente tem que sofrer por eles, pois é o único meio de alcançar para essas almas: misericórdia e salvação.

Não tema Meu filho, estarei sempre com você. Você ainda terá mais cruzes pesadas pela frente, Mas, assim como Eu estive junto com o Meu filho no caminho do Calvário, Eu também estarei com você. E quanto mais você sofrer mais almas você salvará e maior será a coroa de glória, de méritos que você terá no Céu.

O sofrimento aceito e oferecido generosamente salva almas, cancela castigos e atrai para o mundo, para muitas almas uma chuva abundante de graças!

Como faltam as almas generosas hoje em dia, as almas vítimas. Eu mesma disse a muitos Santos do passado que nesse século de impiedade, de pecado, maldade, afastamento de Deus e perda da fé... as almas que desejariam doar as suas vidas e até arriscar as suas vidas por amor a Deus e pela salvação das almas seriam muito poucas.

As almas que teriam a força de vencer o próprio egoísmo e renunciar a uma vida cômoda cheia de prazeres, para poder sofrer pela salvação da humanidade seriam poucas. Seriam estas almas rosas vermelhas místicas, que seriam tão raras como ouro.

Sim, não há almas vítimas capazes de aceitar os sofrimentos que Deus manda pela salvação das almas e para expiar os pecados que elas cometem todos os dias contra Deus.

Se houvessem mais almas assim quantos castigos não seriam evitados! Quantas almas não seriam salvas! Que chuva de misericórdia não desceria sobre a terra!

Mas, essas rosas místicas vermelhas generosas, capazes de renunciar a própria vontade, ao seu egoísmo e serem almas generosas capazes de sofrer e até de arriscar a própria vida pela salvação dos outros, já não existem mais.

É por isso que não há quem aplaque a Ira de Deus. E por isso que não há quem detenha mais os castigos em muitas nações. E é por isso também que tão poucas conversões acontecem, tão poucas almas santas existam hoje em dia.

Ah se houvessem mais almas como essas, para raios da Justiça Divina e imãs das bênçãos de Deus! Quanto mal não deixaria de haver na Terra, quanto bem não desceria do Céu, quanta benção não desceria sobre a Terra.

É por isso que Eu chamo as almas a renunciarem ao seu egoísmo e a doarem as suas vidas generosamente pela salvação da humanidade como o Meu filhinho Marcos, como tantas almas privilegiadas do passado fizeram. Só assim o mal poderá ser detido, satanás será esmagado mais depressa e o bem triunfará, Deus triunfará.

Eu desejo que haja muitas almas assim, pois o Coração do Meu filho Jesus está saturado de tantas ofensas, de tantas ingratidões do mundo e quer dar curso novamente à Sua Justiça. Detenham essa Justiça, oferecendo os seus sofrimentos de cada dia com amor a Deus pela salvação da humanidade, em expiação pelos pecados com que Ele é ofendido.

Sim, o que detém o fogo que cairá do Céu é o Meu filho Marcos com as suas orações, seus trabalhos, seus Rosários meditados, suas Horas Santas de oração feitas por amor a Mim e tudo o mais que ele faz e inclusive com os sofrimentos dele.

Ai do Brasil, Ai do mundo se ele não estivesse aqui oferecendo tudo isso pela a humanidade! Cabe a vocês Meus filhos, ajuda-lo com orações e sacrifícios a deter a Justiça Divina que quer castigar o mundo e diminuir o peso esmagador dos pecados que ele carrega sobre si sofrendo para expiar esses pecados.

É preciso Oração e Sacrifício, sem isso não se poderá salvar a humanidade.

Oh sim! Quão grande é o valor do sofrimento aceito e oferecido diante do Pai. Eu busco almas assim oferentes e generosas, que juntamente comigo ofereçam os seus sofrimentos diários para aplacar a Justiça do Senhor.

Desejo que aqui haja muitas rosas místicas vermelhas assim: de sacrifício. Para junto Comigo contrabalançar a Justiça Divina inflamada pelos pecados da humanidade.

Sim Meu filho, você deve se lembrar claramente daquela vez em que você esteve doente com uma grande febre, com muitas náuseas, calafrios, dores por todo o corpo e especialmente na sua cabeça. Você se lembra que você ficou internado no hospital.

Pois bem, aquele sofrimento serviu para que Eu agora concedesse graças ao seu pai espiritual Carlos Tadeu. Para que o trouxessem aqui nas Minhas Aparições e para que pudesse também uni-lo agora a você, para que através de você ele receba grandes e copiosas graças do Meu Coração e também do Senhor.

Aquele sofrimento foi por ele, aquele oferecimento serviu para ele para alcançar graças para ele e sua linhagem.

Você deve lembrar-se também do quanto você sofreu quando o seu joelho cresceu e ficou duro como uma rocha e você não podia andar. Aquele sofrimento também serviu para ele, bem como também servem para ele as suas dores de cabeça atuais, todas elas que você ofereceu para Mim serviram para conseguir para ele grandes graças do Senhor grandes graças do Meu Coração.

E não apenas para aquele Meu filho prediletíssimo, mas também para o Meu filho Eder, para o Meu filho Ricardo, para o Meu filho Silvestre, para a Minha filha Débora, para a Minha filha Gorete, para o Meu filho Reinaldo, sim serviu para eles.

Serviu também para a Minha filha Janaína Lopes, serviu também para a Minha filha Fabiana Oliveira e serve para tantas almas que você não pode imaginar.

Por todas as almas que você oferece e também por aquelas que você nem sequer conhece, mas que só no Céu descobrirá!

Fica sabendo também Meu querido filho, que essas suas dores de cabeça servem muitíssimo para aliviar o sofrimento da Minha filha Lazinha. Serve também para aliviar o sofrimento de muitos doentes que estão no hospital sem consolo. Serve para a conversão de muitos jovens transviados.

Serve também, para a libertação de muitas e muitas almas do Purgatório. Serve também para a Minha filhinha Margarida Kurosaki, para o Meu filho Matias Kurosaki e toda a sua família. Serve para espalhar o bem sobre a Terra.

Por isso, você deve continuar a oferecer.

Fica sabendo também que uma das almas mais beneficiadas pela suas dores de cabeça também é o Meu filho André Paiola. Todas as suas dores serve para ele, serve para as almas dos eleitos.

E quando esse número se completar então, finalmente, o Meu Triunfo acontecerá com poder e trará para vocês, para toda a Terra a paz, a felicidade, a renovação total.

E então, todos os homens, todas as mulheres fiéis a Deus serão felizes para sempre como os Anjos e nada, nada mais os ameaçará.

Quanto mais você sofre mais satanás perde o poder até que fique completamente aniquilado. Assim, Deus usa o sofrimento de um filho amoroso para encobrir uma multidão de pecados, perdoar os seus autores e trazer para a Terra: Paz, Paz e Paz!

É preciso rezar o Rosário, é preciso oferecer a vida e os sofrimentos a Deus pela salvação do Brasil e dos pecadores. O Brasil ainda corre perigo, o mundo ainda está à beira do precipício, os jovens e as crianças perdem-se cada vez mais graças aos meios de comunicação. Passam todo o tempo vendo coisas que só destroem as suas almas, que só enchem as suas almas de trevas e de pecados ao invés de rezar.

Ofereçam por eles para que a infância e a juventude possam ser salvas por um milagre do Amor do Espírito Santo e do Meu Coração, caso contrário o futuro da humanidade estará perdido.

Rezem ainda hoje 3 Terços do Amor para salvar mais almas!

Rezem o Terço do Amor constantemente, pois esse Terço salva muitas almas!

Eu estou com vocês nos seus sofrimentos e nunca os abandono. Tenham uma fé firme e forte como JÓ, porque vocês ainda passarão por muitas provações antes do Meu Triunfo. Mas, os heróis vencerão e serão coroados...

A todos Eu abençoo agora com amor, de FÁTIMA, de LA SALETTE e de JACAREÍ.”

(Maria Santíssima depois de tocar e abençoar os Terços): “Conforme Eu já disse: aonde quer que um desses Terços chegue, ali estarei Eu viva, levando grandes Graças do Senhor e do Meu Amor para todos os Meus filhos.

A todos Eu abençoo agora novamente e deixo a Minha Paz”.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

QUANDO EU REZO A AVE MARIA


  O Bem-aventurado Alano de La Roche disse: “Quem te ama, ó excelsa Maria, leia isto e extasie-se: 

Quando eu rezo a Ave Maria,
a corte celestial se regozija,
a Terra se perde em admiração,
eu esqueço o Mundo
e meu coração transborda do amor de DEUS.
Quando eu rezo a Ave Maria;
todos os temores se dissipam
e minhas paixões se apaziguam.
Se eu rezo a Ave Maria;
a devoção cresce dentro de mim
e desperta a contrição pelo pecado.
Quando eu rezo a Ave Maria,
a esperança fica forte em meu peito,
e o frescor da consolação
inunda minha alma mais e mais,
porque eu rezo a Ave Maria.
Meu espírito se regozija, 
a tristeza vai embora
quando eu rezo a Ave Maria. 

   Porque a doçura desta suavíssima saudação é tão grande que não há termos adequados para explicá-la devidamente e, depois de haver dito dela maravilhas, todavia ainda a achamos tão cheia de mistério e tão imensa que sua profundidade é impossível de ser compreendida. É curta em palavras, mas grande em mistérios. É mais doce que o mel e mais preciosa que o ouro. Devemos tê-la frequentemente no coração para meditá-la e na boca para rezá-la devotamente.” 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

ORAÇÃO ARDENTE DE SÃO LUÍS MARIA DE MONTFORT

Oração a Jesus
(de São Luís Montfort)
Meu amável Jesus, permiti que me dirija a vós para testemunhar o meu reconhecimento pela
graça que me concedestes, dando-me a vossa santa Mãe pela devoção da escravidão, para ser
minha advogada junto de vossa Majestade, e meu suplemento universal em minha grandíssima
miséria.
Ai de mim! Senhor, sou tão miserável, que sem esta boa Mãe estaria irremediavelmente perdido.
Sim. Maria me é necessário junto de vós, em toda parte: necessária para vos aplacar em vossa
justa cólera, pois vos tenho ofendido todos os dias; necessária, para sustar os castigos eternos de
vossa justiça, que mereço; necessária para contemplar-vos, falar-vos, rogar-vos, aproximar-me de
vós e vos agradar; necessária para salvar minha alma e a dos outros; necessária, em uma palavra,
para fazer sempre a vossa vontade e procurar em tudo a vossa maior glória.
Ah! quem me dera publicar por todo o universo esta misericórdia que tivestes para comigo! E
que todo o mundo soubesse que sem Maria já estaria condenado! Pudesse eu render-vos dignas
ações de graças por tão grande benefício! Maria está em mim, haec facta est mihi, Oh! Que
tesouro! Que consolo! E eu não seria, depois disso, todo dela? Que ingratidão, meu Salvador
amado! Enviai-me a morte antes que me aconteça tal desgraça: pois prefiro morrer que viver sem
ser todo de Maria.
Mil e mil vezes tomei-a, com S.João Evangelista ao pé da cruz, por todo o meu bem! e outras
tantas vezes dei-me a Ela; mas se até agora não o fiz bem, conforme desejos, ó Jesus amado, faço-
o agora como quereis que o faça, e se vedes em minha alma e em meu corpo algo que não
pertença a essa augusta Princesa eu vos rogo que o arranqueis e o jogueis para longe de mim,
pois que o que não é de Maria não é digno de vós.
Ó Espírito Santo! concedei-me todas essas graças e plantai, regai e cultivai em minha alma a amável Maria, que a Arvore da vida verdadeira, a fim de que cresça, floresça e suscite frutos de
vida com abundância.Ó Espírito Santo! dai-me uma grande devoção e uma grande inclinação
para com vossa divina Esposa, um grande apoio sobre seu seio maternal e recurso contínuo à sua
misericórdia, a fim de que nela formeis em mim a Jesus Cristo, grande e poderoso, até à
plenitude de sua idade perfeita. Assim seja.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

AMOR E FIDELIDADE À VOCAÇÃO ATÉ O FIM: CARMELITAS MÁRTIRES DE COMPIEGNE - FRANÇA


Bem Aventuradas Carmelitas de Compiègne – Mortas durante o massacre de Católicos na REVOLUÇÃO FRANCESA

A escritora Gertrud von le Fort mostrou em seu livro A ÚLTIMA AO CADAFALSO (Ed. Quadrante, SP), o quão perversa e sanguinária foi a Revolução Francesa (1789) que nada teve de “Igualdade, liberdade e fraternidade”, como se propaga, mas foi a encarnação diabólica do mal na França, especialmente contra a Igreja Católica.



O texto abaixo mostra o assassinato covarde e revoltante de 16 irmãs carmelitas de Compiègne, na guilhotina, acusadas maldosamente de serem “subversivas” e inimigas da Revolução.
Como, se eram enclausuradas? Foi o ódio de Satanás contra aquelas que ofereciam a Deus a sua vida para aplacar a cólera de Deus na França.

Leia este relato e depois o livro todo, para conhecer a verdade escondida pelos “iluministas”:

“São cerca de oito horas da tarde. É verão e o céu ainda está claro. A multidão comprime-se em volta da guilhotina, erguida no centro da antiga Place du Thrône, atual Barriére de Vincennes. Junto dos degraus que conduzem ao cadafalso, o carrasco, Charles-Henri Sanson, espera respeitosamente de pé, flanqueado por dois ajudantes. O calor é opressivo, e em toda a praça reina um odor mefítico de sangue. Vindos da cidade, despontam os carroções. Hoje são dois, e vêm bastante cheios: ao todo, serão quarenta vítimas. Recebem-nas as exclamações e ameaças habituais, mas o barulho logo se abafa em murmúrios de espanto. Acontece que, entre os condenados, se veem diversas mulheres de capa branca: são as dezesseis carmelitas do convento de Compiègne, Ao contrário dos seus companheiros de infortúnio, não deixam pender a cabeça nem choram ou gritam; trazem o rosto erguido, e a linha firme do corpo é sublinhada pelas mãos amarradas às costas. E cantam: aos ouvidos de todos, ressoam as notas quase esquecidas da Salve Rainha em latim e do Te Deum. Até para o mais empedernido dos basbaques presentes, é um espetáculo inaudito.Quando os carroções param ao pé do cadafalso, o burburinho faz-se silêncio absoluto. Até essas mulheres histéricas, as chamadas “fúrias da guilhotina”, que sempre estão na primeira fila dos espectadores, emudecem.As primeiras a descer são as carmelitas. Uma delas, a priora, Madre Teresa de Santo Agostinho, aproxima-se do carrasco e pede-lhe que lhes conceda uns minutos para poderem renovar os seus votos e que a deixe ser a última a sofrer a execução, para que possa animar cada uma das suas filhas até o fim. Sanson, o carrasco, alma delicada, concorda de bom grado.
Todas juntas, cantam o Veni Creator Spiritus. A seguir, renovam os seus votos religiosos. Enquanto rezam, uma voz de mulher sussurra na multidão: “Essas boas almas, vejam se não parecem anjos! Pela minha fé, se essas mulheres não forem diretas ao paraíso, é porque o paraíso não existe!…”

A priora recua até a base da escada. Tem nas mãos uma estatueta de cerâmica da Virgem Maria com o Menino Jesus ao colo. A primeira a ser chamada, a mais jovem de todas, é a noviça Constança. Ajoelha-se diante da Madre e pede-lhe a bênção. Segundo uma testemunha, ter-se-ia também acusado nesse momento de não haver terminado o ofício do dia.Com um sorriso, a Madre diz-lhe:
“Vai, minha filha, confiança! Acabarás de rezá-Io no Céu...”
E dá-lhe a beijar a imagem. Constança sobe rapidamente os degraus, entoando o salmo Laudate Dominum omnes gentes, “Louvai o Senhor, todos os povos”. “Ia alegre, como se se dirigisse para uma festa”. O carrasco e seus ajudantes, com gesto profissional, dispõem-na debaixo da guilhotina. Ouve-se o golpe surdo do contrapeso, o ruído seco da lâmina que cai, o baque da cabeça recolhida num saco de couro. Sem solução de continuidade, o corpo é lançado ao carroção funerário.

Uma por uma, as freiras ajoelham-se diante da priora e pedem-lhe a bênção e permissão para morrer. Cantam o hino iniciado por Constança.
Quando chega a vez da Irmã de Jesus Crucificado, que tem 78 anos, os jovens ajudantes do carrasco têm de descer para ajudá-la a vencer os degraus. Ela diz-lhes afavelmente: “Meus amigos, eu vos perdoo de todo o coração, tal como desejo que Deus me perdoe”.

Só falta a Madre. Com gesto simples e firme, beija a estatuinha e confia-a a primeira pessoa que tem ao lado*. Tem 41 anos, um rosto expressivo, nem muito bonito nem feio; o porte é, mais do que altivo, descontraído. Os olhos castanhos, sofridos, mas irradiando bondade, procuram os do Pe. Lamarche, que as confessara no dia anterior na prisão e que se encontra entre a multidão. Como quem tem pressa em concluir uma tarefa urgente, sobe por sua vez os degraus. Agora tudo terminou. Pode-se cortar o silêncio como se fosse um queijo. Muitos dos assistentes choram baixinho.
Anos mais tarde, encontrar-se-ão – registrados em cartas pessoais, diários íntimos e memoriais – os ecos da emoção que experimentaram e dos efeitos que ela lhes causou: muitos sentiram a necessidade de mudar de vida, de retomar a prática dos sacramentos, um ou outro de ingressar num convento… Um deles, um menino que presenciara a cena das janelas de um prédio situado em frente da guilhotina, guardou dela uma impressão tão profunda que, anos mais tarde, quando fazia o serviço militar, carregava sempre consigo as obras de Santa Teresa de Ávila e acabou por fazer-se sacerdote. “O amor vence sempre”, costumava dizer a Madre priora; “o amor vence tudo”.




(*) Essa imagem foi devolvida mais tarde à Ordem e encontra-se hoje no Carmelo de Compiègne, novamente fundado em 1867.

Os corpos foram levados às pressas para o antigo convento dos agostinianos do Faubourg de Picpus. Lá foram lançados na fossa comum e cobertos de cal viva. Hoje há ali um gramado cercado de ciprestes, com uma simples cruz de ferro. É um lugar de silêncio e oração.

Na capelinha anexa a esse cemitério, há uma lápide que traz o nome das dezesseis mártires beatificadas em 27 de maio de 1906 por São Pio X.

ISSO É O QUE ACONTECE QUANDO O POVO ELEGE GOVERNOS ANTI CATÓLICOS.
Bem Aventuradas Carmelitas de Compiègne, Rogai por nós !!

CHAMADO DE AMOR DE NOSSA SENHORA